Início Jogos Bíblicos Imprimir Jogos Testes Bíblicos Estudos Bíblicos Papel de Parede
Piadas Evangélicas Pintar Desenhos Bíblicos Videos Evangélicos
Contos Evangélicos Mensagens Evangélicas Poemas Evangélicos Versículos Bíblicos
Termos de Uso
Últimos Tempos / Notícias, Reportagens e Comentários

10.3.13

Poema Evangélico - Convite Supremo

Senhor, quão maravilhoso é isto, que Tu me aceitas!
E, ainda mais, que estas pessoas que a ti pertencem
Olham para mim e me estendem as suas mãos,
E vem falar comigo acerca de ti. 
Se não fosse assim, como eu poderia saber o que tens para mim?
Porém, Tu me tens enviado tantas cartas...
Por dias, semanas, meses e anos.
Se não tivesses contemplado a minha pequena existência,
Nem mesmo terias permitido aos teus filhos me honrarem
Com um tal convite que me deixa pasmo.
Senhor, como é que Tu me enxergaste enquanto eu estava andando
No interior de pântanos mal-cheirosos,
E como é que decidiste que eu poderia ser chamado: “Filho?”
Pois conheces muito bem a minha frágil natureza,
E o quanto é para mim pesada qualquer uma de tuas leis mais suaves. 
Porém, me julgaste capaz de cumpri-las todas,
Até a mais difícil, e para tal tarefa me elegeste.
Aqui estou, Senhor. Permite que a minha vontade 
À tua acompanhe; faz-me conhecer o fruto dos teus caminhos.
Eu agradeço por todos os filhos que me enviaste.
Eu os amo, mas Tu conheces quão imperfeito é este meu amor.
Porém, se eu permanecer em ti ele atingirá a plena estatura,
Ainda que no meio da viagem o meu velho eu se perca.
Eu não quero temer afogar-me no rio do teu Espírito.
Senhor, arrasta-me nesta correnteza! Que eu possa ser, verdadeiramente, 
Um de teus filhos.
Não afastes de mim a tua palavra e o teu olhar.

Nenhum comentário: