Início Jogos Bíblicos Imprimir Jogos Testes Bíblicos Estudos Bíblicos Papel de Parede
Piadas Evangélicas Pintar Desenhos Bíblicos Videos Evangélicos
Contos Evangélicos Mensagens Evangélicas Poemas Evangélicos Versículos Bíblicos
Termos de Uso
Últimos Tempos / Notícias, Reportagens e Comentários

20.4.13

Poema Evangélico - Súplica

Deus meu, que conheces as respostas;
Tu, Senhor, que avalias os caminhos dos homens
E consideras as razões do seu coração;
Deus meu, a ti estendo, em súplica, as minhas mãos,
Imploro o Teu perdão e a Tua luz
Para os meus caminhos tão obscurecidos.

Parado estou à beira desta estrada,
Na encruzilhada da vida,
Sem saber para onde dirigir os meus passos.
Meu coração está pesado, minhas costas vergam,
Os joelhos vacilam – eu arquejo
Sob esta carga ingente!
Se, no entanto, eu pretender depô-la
E, por um segundo, respirar aliviado,
E, por um instante, repousar meus olhos na paisagem...
Não consigo, Senhor!
Pois este fardo tão pesado tornou-se parte de mim,
Está firmemente atado às minhas costas.

Como o mosquito que prendeu a si mesmo na teia da aranha,
Desta forma eu fiquei preso nas consequências de meus erros.
Desmancha esta teia, meu Deus, com um sopro
Da Tua boca, com um simples olhar!
Tira de meus pulsos as algemas e as pesadas correntes,
Pois sou por elas conduzido para onde não quero ir.

Restaura, Senhor, a minha vida
E faz-me andar na plenitude da Tua bondade.
Pois Tu, ó Deus, permitiste que nas minhas tribulações
Eu pudesse ainda aprender valiosas lições.
Que eu tome alento, então, antes que passe como a sombra.
Leva-me para junto das águas de descanso,
Para os verdes prados onde o alimento é abundante.

Nenhum comentário: