Início Jogos Bíblicos Imprimir Jogos Testes Bíblicos Estudos Bíblicos Papel de Parede
Piadas Evangélicas Pintar Desenhos Bíblicos Videos Evangélicos
Contos Evangélicos Mensagens Evangélicas Poemas Evangélicos Versículos Bíblicos
Termos de Uso
Últimos Tempos / Notícias, Reportagens e Comentários

14.8.10

Som Estranho na Noite

    Um homem estava dirigindo pela estrada e seu carro estragou próximo a um mosteiro. Ele foi até o mosteiro, bateu na porta e disse para o monge que o atendeu:
    - Meu carro quebrou. Será que eu poderia passar a noite aqui?
    Os monges o acolheram, serviram-lhe o jantar e até consertaram o seu carro. Bem acomodado em uma cela, o homem tentava adormecer quando ouviu um barulho estranho. Na manhã seguinte ele perguntou aos monges que som era aquele, mas eles responderam:
    - Não podemos dizer. Você não é um monge.
    O homem ficou decepcionado, mas agradecido, de qualquer maneira, e seguiu satisfeito o seu caminho.
    Alguns anos depois o mesmo homem quebrou o carro na frente do mesmo mosteiro. Os monges o acolheram, alimentaram-no e consertaram seu carro. Naquela noite ele ouviu o mesmo ruído estranho que tinha ouvido anos antes. Na manhã seguinte ele perguntou o que era o som, mas os monges responderam:
    - Nós não podemos dizer. Você não é um monge.
    O homem disse:
    - Tudo bem, tudo bem. Estou morrendo de vontade de saber. Se a única maneira que existe para que eu possa descobrir o que era aquele som é tornar-me um monge, digam-me: o que preciso fazer para tornar-me um monge?
    Responderam-lhe eles:
    - Você deve percorrer a terra e dizer-nos quantas folhas de grama existem no mundo, e o número exato de grãos de areia. Quando encontrar estes números tornar-se um monge.
    O homem se atirou de corpo e alma à sua tarefa. Quarenta e cinco anos depois ele retornou e bateu na porta do mosteiro, dizendo:
    - Percorri a terra e encontrei o que vocês pediram. Existem 145.236.284.232.897 folhas de grama, e 231.281.219.999.129.382 grãos de areia sobre a terra.
    Os monges lhe disseram:
    - Parabéns. Você agora é um monge. Vamos, portanto, mostrar-lhe o caminho para o som.
    Eles conduziram o homem à uma porta de madeira, e o superior do mosteiro disse:
    - O som que você ouviu está bem atrás daquela porta.
    O homem alcançou a maçaneta, mas a porta estava trancada. Ele disse:
    - Vocês podem dar-me a chave?
    Os monges entregaram-lhe a chave e ele abriu a porta. Atrás da porta de madeira havia uma outra porta, de pedra. O homem pediu a chave da porta de pedra. Os monges deram-lhe a chave e ele abriu, deparando-se com uma outra porta, toda feita de rubi.
    Ele pediu a chave aos monges, que a forneceram. Atrás dessa porta estava uma outra porta, feita de safira. E assim foi, até que o homem tinha passado através de portas de esmeralda, ametista, topázio, prata...
    Por fim, os monges lhe disseram:
    - Esta é a última chave para abrir a última porta.
    O homem ficou aliviado. Ele abriu a porta, girou a maçaneta, e foi surpreendido ao encontrar a fonte daquele som estranho.
    Mas eu não posso lhe contar o que era porque você não é um monge.

Nenhum comentário: