Início Jogos Bíblicos Imprimir Jogos Testes Bíblicos Estudos Bíblicos Papel de Parede
Piadas Evangélicas Pintar Desenhos Bíblicos Videos Evangélicos
Contos Evangélicos Mensagens Evangélicas Poemas Evangélicos Versículos Bíblicos
Termos de Uso
Últimos Tempos / Notícias, Reportagens e Comentários

11.8.12

Poema Evangélico - Diante da Cruz


Meu Senhor, meu Mestre, aos Teus pés adorando
Vejo-te encurvado sob tua carga de aflição;
Para mim, um pecador, é que o sangue está correndo;
Para Ti, meu Salvador, escassas minhas lágrimas fluirão.

Teu próprio discípulo aos inimigos te vendeu;
Com o beijo da amizade e a palavra fiel ele veio...
Quantas vezes de amor assim minha boca discorreu,
Mas Tu tens visto a minha falsidade e o meu receio.

Com insultos zombam de quem fraco lhes parece,
Com socos e indignação, acrescentando dor a dor.
Tu permaneces imóvel e firme na Tua prece.
Quando eu sou enganado, como sou reclamador!

Meu Deus, meu Salvador, quando te vejo vestindo
A coroa de espinhos em Teu rosto sangrado...
Devo viver para o prazer, ou de suportar ir fugindo
Qualquer que seja meu lote de dor ou desagrado?

Ó Vítima do Teu próprio amor, dor que a tudo tem curado!
Ó morte salvadora, feridas de quem por mim morreu!
Ó vergonha a mais gloriosa! Cristo, ante Ti, ajoelhado,
Venho pedir-te: permita-me ser para sempre Teu.


Benson Thomas Pollock (1836-1896)


Nenhum comentário: